ALFRED HITCHCOCK

Alfred Hitchcock

O cineasta Alfred Hitchcock, eternizado como “Mestre do Suspense”,ficou conhecido por utilizar um tipo de suspense psicológico em seus filmes, produzindo uma experiência distinta ao espectador.

Nascido em Londres em 13 de agosto de 1899, Alfred Hitchcock trabalhou por um curto período com engenharia antes de entrar na indústria do cinema, em 1920. Ele foi para Hollywood em 1939, onde seu primeiro filme americano, “Rebecca, a Mulher Inesquecível”, ganhou um Oscar de melhor fotografia. Hitchcock criou mais de 50 filmes, incluindo os clássicos “Janela Indiscreta”, “39 Degraus” e “Psicose”. Mestre do Suspense, Hitchcock recebeu o prêmio AFI's Life Achievement Award em 1979. Ele morreu em 1980.

 

Um dom para o suspense

Alfred Joseph Hitchcock nasceu em Londres, Inglaterra, em 13 de agosto de 1899, e foi criado por pais rígidos e católicos. Ele considerava sua infância triste e solitária, inclusive por conta de sua obesidade. Ele sofreu duros castigos de seus pais, como ficar em pé ao lado da cama por longas horas. Isso tudo foi refletido depois nos filmes de Hitchcock.

Hitchcock frequentou o curso de artes na University of London. Enquanto trabalhava como designer publicitário para a companhia de cabos Henley’s, ele começou a escrever artigos para o jornal interno da empresa. Desde o seu primeiro texto, Hitchcock mostrou um dom extremo para escrever sobre falsas acusações e emoções conflituosas, com finais inesperados. Em 1920, ele conseguiu um emprego na indústria do cinema, na Famous Players-Lasky Company, fazendo o design de cartões para filmes mudos. Em poucos anos, ele estava trabalhando como diretor assistente.

Em 1925, Hitchcock dirigiu seu primeiro filme e começou a fazer os “thrillers” pelos quais ficou famoso no mundo todo. Em 1929, o filme “Chantagem e Confissão” foi tido como o primeiro filme britânico falado. Na década de 1930, ele dirigiu suspenses clássicos, como “O Homem que Sabia Demais” (1934) e “39 Degraus” (1935).


Hollywood

Em 1939, Hitchcock foi para Hollywood. Seu primeiro filme nos EUA, “Rebecca, a Mulher Inesquecível” (1940), ganhou um Oscar de melhor fotografia. Alguns de seus filmes mais famosos incluem “Psicose” (1960), “Os Pássaros” (1963) e “Marnie, Confissões de uma Ladra” (1964). Seus trabalhos foram reconhecidos por conter representações de violência, apesar de que muitas dessas cenas serviam para o entendimento da complexa psicologia dos personagens. Suas rápidas aparições nos seus próprios filmes, assim como suas entrevistas, trailers e o programa de TV “Alfred Hitchcock Presents” (1962-65), o transformaram em um ícone cultural.

 

Morte e legado

Hitchcock dirigiu mais de 50 filmes em cinco décadas de carreira. Ele recebeu o prêmio American Film Institute's Life Achievement Award em 1979. Um ano depois, em 29 de abril de 1980, Hitchcock morreu pacificamente durante o sono, em Bel Air, California. Sua parceira de vida, diretora assistente e colaboradora mais próxima, Alma Reville, também conhecida como “Lady Hitchcock”, faleceu dois anos depois.

 


Imagem: Jack Mitchell [CC BY-SA 4.0-3.0-2.5-2.0-1.0], via Wikimedia Commons