Hoje na história

07.Maio.1945

Alemanha se rende incondicionalmente aos Aliados

No dia 7 de maio de 1945, o Alto Comando da Alemanha, representado pelo general Alfred Jodl, assinou em Reims, na França, a rendição incondicional de todas as forças do país na Segunda Guerra Mundial, do Oriente ao Ocidente. A assinatura aconteceu em uma escola que serviu como Comando Supremo das Forças Expedicionárias Aliadas e passou a ter efeito a partir das 23h de 8 de maio.

De início, o general Jodl esperava limitar os termos da rendição alemã apenas às forças que ainda lutavam contra os aliados ocidentais. Mas o general Dwight Eisenhower exigiu a rendição completa de todas as forças alemãs, tanto as que lutavam no Oriente como no Ocidente. Se essa exigência não fosse cumprida, Eisenhower ameaçou fechar a frente ocidental, e os alemães ficariam nas mãos das forças soviéticas.

Jodl comunicou a situação ao Almirante Karl Dönitz, o sucessor de Hitler. Dönitz ordenou-lhe assinar a rendição incondicional.  O general russo Ivan Então Susloparov e o general francês Francois Sevez assinaram como testemunhas, e o general Walter Bedell Smith assinou pela Força Expedicionária Aliada. No dia seguinte,  o marechal Wilhelm Keitel confirmou a rendição, assinando outro documento em Berlim.  Era a derrota da Alemanha nazista. 


Crédito da imagem: Lt. Moore (US Army) [Domínio Público], via Wikimedia Commons