Hoje na história

13.fev.1970

Black Sabbath lança o primeiro álbum

No dia 13 de fevereiro de 1970, uma sexta-feira, era lançado na Inglaterra o disco de estreia do Black Sabbath. Para muita gente, a data representa o marco inicial do heavy metal. Apesar de ter recebido críticas negativas, o álbum (que levava apenas o nome da banda) fez sucesso com o público e influenciou gerações de músicos.

Formada em 1968 na cidade inglesa de Birmingham por Ozzy Osbourne (vocais), Tony Iommi (guitarra), Geezer Butler (baixo) e Bill Ward (bateria), a banda inicialmente se chamava Polka Tulk Blues Band e contava com outros dois membros, um saxofonista e um segundo guitarrista. Quando se estabeleceram como quarteto, mudaram de nome para Earth. Na época, eles tocavam canções populares de blues e jazz. Mas, como já existia outra banda chamada Earth, eles precisavam novamente de outro nome.

A inspiração para o nome definitivo da banda veio do cinema do outro lado da rua onde eles ensaiavam. No local, estava sendo exibido um filme de terror de 1963 chamado Black Sabbath, estrelado por Boris Karloff e dirigido por Mario Bava (que no Brasil recebeu o título de As Três Máscaras do Terror). Enquanto observava as pessoas fazendo fila para assistir ao filme, Butler percebeu que era estranho que as pessoas pagassem para se assustar. Ao adotar o novo nome, a banda decidiu levar essa mesma lógica para a música, fazendo canções com climas assustadores.

O som pesado, sombrio e barulhento que a banda passou a fazer também refletia a atmosfera da cidade onde viviam. Birmingham era uma cidade industrial brutal que no fim dos anos 60 ainda convivia com as consequências dos bombardeios sofridos durante a Segunda Guerra Mundial. Os membros da banda eram todos da classe operária. Osbourne chegou a trabalhar em um abatedouro, enquanto Iommi perdeu as pontas de dois dedos quando era funcionário de uma metalúrgica. O guitarrista quase abandonou a carreira após o acidente, mas voltou a se dedicar ao instrumento incentivado por seu chefe, que mostrou a ele um disco do jazzista Django Reinhardt, que tocava violão com apenas dois dedos, pois havia sofrido graves queimaduras nas mãos.

No final de 1969, o Black Sabbath finalmente assinou um contrato com uma gravadora. O álbum de estreia do grupo foi gravado em apenas 12 horas, em outubro daquele ano. Depois do lançamento, em fevereiro de 1970, o disco alcançou o 8º lugar das paradas de sucesso britânicas. Nos Estados Unidos, onde foi lançado três meses depois, o LP atingiu a 23ª posição na parada da Billboard. 

O disco de estreia do Black Sabbath foi apenas o início de uma carreira de sucesso. A partir de então, o grupo influenciou inúmeros artistas dos mais diversos gêneros, como heavy metal, hard rock, punk e grunge. Nos anos seguintes, a banda lançaria um total de 19 álbuns. Depois que Osbourne saiu do grupo, em 1979, ele embarcou em uma bem-sucedida carreira solo. Enquanto isso, a banda prosseguiu com outros vocalistas, como Ronnie James Dio e Ian Gillan. Osbourne voltou ao Black Sabbath no final dos anos 1990, fazendo diversas turnês com os antigos companheiros. Em 2013, ele finalmente gravou um novo disco com a banda, chamado "13". Em 2017 o grupo anunciou seu fim, após um último show em Birmingham.


Imagem: Domínio público, via Wikimedia Commons