Hoje na história

08.set.1915

Centro de Londres é atacado por dirigível alemão na Primeira Guerra

Em 8 de setembro de 1915, o Zeppelin alemão, de Heinrich Mathy, um dos grandes comandantes deste tipo de aeronave na Primeira Guerra, atacou a área central de Londres, matando 22 pessoas e provocando um prejuízo de 500 mil libras esterlinas.

O Zeppelin, um veículo rígido motorizado, foi desenvolvido pelo inventor alemão Ferdinand Graf von Zeppelin, em 1900. Embora um inventor francês houvesse construído um dirigível décadas antes, o Zeppelin, com sua estrutura de aço, era o maior dirigível construído na história. 

Contudo, no caso do Zeppelin, o tamanho custou a segurança, já que a estrutura de aço era suscetível a explosões porque eles usavam gás hidrogênio altamente inflamável para decolar em vez de gás hélio não inflamável.
 
Os alemães obtiveram um grande sucesso com o Zeppelin entre 1915 e 1916, atacando pelo ar as ilhas britânicas. Em 31 de maio de 1915, o primeiro Zeppelin atacou Londres, provocando a morte de 28 pessoas e ferindo mais de 60. Em maio de 1916, os alemães haviam causado a morte de 550 britânicos com os seus bombardeios aéreos.
 
Um dos pilotos mais famosos do Zeppelin foi Heinrich Mathy, nascido em 1883, em Mannheim, Alemanha. Ele pilotou o dirigível L13, no dia 8 de setembro de 1915, lançando bombas em Aldersgate, na área central de Londres, provocando incêndios e a morte de 22 pessoas.
 
No verão europeu do ano seguinte, Mathy pilotou um novo zeppelin, o L31, na condução de outros ataques contra Londres, nas noites de 24 e 25 de agosto de 1916. Seu dirigível havia sido danificado após o pouso e, enquanto ele estava esperando pelos reparos, Mathy recebeu a informação de que os britânicos haviam produzido uma arma capaz de derrubar os zeppelins, com o uso de balas incendiárias.
 
Pouco tempo após isso, Mathy escreveu de maneira pessimista: "será uma questão de tempo para que nos juntemos ao resto. Todo mundo tem este mesmo sentimento. Nossos nervos estão abalados pelos maus tratos. Se alguém disser que não é assombrando pelas visões de dirigíveis em chamas, esta pessoa não deve passar de um brincalhão". 
 
Sua previsão era verdadeira. Na noite entre 1o. e 2 de outubro, de 1916, o dirigível de Mathy foi atingido e incendiado em Londres. Ele foi enterrado em Staffordshire, em um cemitério construído para o enterro de alemães mortos em solo britânico durante as duas guerras mundiais.
 

Imagem:  [Domínio público], via Wikimedia Commons