Hoje na história

31.Maio.2003

Concorde da Air France faz o seu último voo comercial

O jato supersônico Concorde da Air France fez seu último voo comercial com passageiros no dia 31 de maio de 2003. Em outubro do mesmo ano, foram encerradas as atividades comerciais da aeronvane pela British Airways. O Concorde foi desenvolvido pelos governos britânico e francês e iniciou suas operações comerciais em janeiro de 1976. Considerado um símbolo da inovação tecnológica, design e luxo, o avião fazia a distância entre Nova York e Londres em, aproximadamente, três horas e meia, viajando a 1.755 km/h.

A maioria das companhias aéreas não teve interesse na compra da aeronave, e apenas 16 Concordes foram construídos para a British Airways e Air France. O serviço ficou limitado aos trechos entre Londres e Nova York e Paris e Nova York para viagens de luxo destinadas a passageiros que queriam fazer a travessia do Atlântico em menos de quatro horas.

Uma das críticas ao avião era o imenso barulho produzido. A história do Concorde foi arranhada por um acidente no dia 25 de julho de 2000, quando um avião da Air France caiu após decolar em Paris, matando 113 pessoas. Todos os voos de Concorde foram cancelados por um ano após o incidente. A partir dali, ocorreu o começo do fim das atividades comerciais do Concorde, por conta aumento do custos operacionais e da queda nas vendas.

Os voos do lendário jato supersônico iniciaram no dia 21 de janeiro de 1976, quando partiram, simultaneamente, do aeroporto de Heathrow, em Londres, e do Aeroporto de Orly, próximo de Paris, os primeiros voos comerciais com passageiros. O voo de Londres teve como destino o Bahrein, no Golfo Pérsico, e o de Paris foi para o Rio de Janeiro via Senegal, na África Ocidental. Este voo inaugural representou o resultado de um esforço de 12 anos que opôs engenheiros ingleses e franceses contra os seus pares na URSS, na corrida pelo desenvolvimento de uma aeronave supersônica que pudesse transportar passageiros em voos comerciais.

 


Imagem: Eduard Marmet [CC BY-SA 3.0], Wikimedia Commons