Hoje na história

03.nov.1941

É dada a ordem para o ataque japonês a Pearl Harbor

Em um dia como este, no ano de 1941, a frota japonesa recebia a Ordem Secreta No.1: em 34 dias, a base naval dos EUA, de Pearl Harbor, no Havaí, seria bombardeada, assim como Mayala, as Índias Orientais Holandesas e as Filipinas.

As relações entre os Estados Unidos e o Japão haviam se deteriorado rapidamente desde a ocupação do Japão de Indochina, em 1940, e a ameaça implícita às Filipinas (um protetorado norte-americano) com a ocupação da Cam Ranh, base naval de apenas oito quilômetros de Manila. A retaliação norte-americana incluiu a apreensão de todos os bens japoneses nos Estados Unidos e o fechamento do Canal do Panamá para o transporte japonês. Em setembro de 1941, Roosevelt emitiu uma declaração, redigida pelo primeiro-ministro britânico Winston Churchill, em que fazia uma ameaça de guerra entre os EUA e o Japão, se houvesse a invasão dos japoneses a qualquer território no sudeste da Ásia ou no Pacífico sul.

No Japão, essa ameaça foi interpretada como ultimato, e os japoneses lançaram o primeiro golpe em um confronto nipo-americano: o bombardeio de Pearl Harbor, ocorrido no dia 7 de dezembro 1941, em que morreram 2403 militares dos EUA e 68 civis. Este ataque decretaria a entrada definitiva dos norte-americanos na Segunda Guerra Mundial.

 


Imagem:  [Public domain], via Wikimedia Commons