Hoje na história

18.Maio.1944

Fim da Batalha de Monte Cassino, travada na Itália entre Aliados e a Alemanha nazista

Em 18 de maio de 1944, chegava ao fim a Batalha de Monte Cassino. O conflito foi uma série de quatro batalhas dos Aliados contra a Linha de Inverno na Itália, mantida pelas Potências do Eixo durante a Segunda Guerra Mundial. O objetivo era um avanço em direção a Roma.

Monte Cassino, uma abadia histórica fundada em 529 por Bento de Núrsia, dominava a cidade vizinha de Cassino e as entradas para o rio Liri e vales do rio Rapido. Conhecendo o valor estratégico do monte, a Alemanha nazista tomou o local durante a Segunda Guerra Mundial e ali aquartelou três divisões de infantaria e duas blindadas da Wehrmacht. Os Aliados pretendiam atingir Roma com seu avanço a partir do Sul da Itália em 1943. Porém, "tropeçam" em Monte Cassino.

Em janeiro de 1944, o general Harold Alexander, comandante geral dos exércitos dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha na área, lançou um ataque em duas frentes à Linha de Inverno. Em 17 de janeiro, tropas que também incluíam soldados franco-marroquinos, atravessaram a Linha Gustav, a oeste de Monte Cassino, mas a operação não foi bem-sucedida.

No início de fevereiro, a Trigésima Quarta Divisão de Infantaria dos EUA não conseguiu capturar a abadia de Monte Cassino, um dos santuários mais sagrados do catolicismo romano. Uma segunda ofensiva em meados de fevereiro novamente fracassou e resultou em um dos incidentes mais controversos da guerra - a destruição da abadia pelos bombardeiros Aliados.

A terceira batalha, em meados de março, foi precedida por um estrondoso bombardeio de artilharia com novecentos canhões e um grande bombardeio aéreo da cidade. Os ataques de tropas neozelandesas mais uma vez terminaram em fracasso. 

Somente com o lançamento da Operação Diadema, em maio de 1944, a Linha Gustav finalmente cedeu, quando tropas polonesas conseguiram capturar a abadia em 17 de maio. No dia seguinte, bandeiras da Polônia e do Reino Unido foram hasteadas sobre as ruínas, encerrando assim um dos mais longos e sangrentos conflitos da campanha italiana.

A tomada de Monte Cassino resultou em 55 mil baixas entre os Aliados e 20 mil baixas entre os nazistas. Cerca de dois mil civis também morreram durante o confronto.


Imagens: Imperial War Museums, via Wikimedia Commons