Hoje na história

15.DEZ.1990

Julgamento do assassinato de Chico Mendes chega ao fim

No dia 15 de dezembro de 1990 chegava ao fim o julgamento dos acusados pela morte do líder sindical e ecologista Chico Mendes. Foram quatro dias de sessão na cidade de Xapuri, no Acre, que resultaram na condenação de Darli Alves da Silva e de seu filho Darci Alves Pereira a 19 anos de prisão. O terceiro acusado, Jardeis Pereira, não foi a julgamento, pois estava foragido. A sentença foi definida no mesmo dia em que Chico Mendes completaria 46 anos de idade. O julgamento foi destaque na imprensa nacional e internacional e contou com a presença de representantes políticos, sindicalistas e religiosos, além de um grande número de pessoas, na maioria seringueiros. Nascido no dia 15 de dezembro de 1944, em Xapuri, Chico Mendes foi assassinado no dia 22 de dezembro de 1988. Ele foi alvejado por tiros quando saía de casa para tomar banho. O sindicalista foi morto por conta de sua intensa luta pela preservação da Amazônia.

 


Imagem:, via Wikimedia Commons