Hoje na história

05.fev.2020

Kirk Douglas, lenda do cinema mundial, morre aos 103 anos

Kirk Douglas, lenda do cinema mundial, morreu em 5 de fevereiro de 2020, aos 103 anos. A saúde do ator estava debilitada desde 1996, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC). O artista, que se consagrou no papel principal do filme "Spartacus" (1960), foi indicado três vezes ao Oscar. 

Filho de imigrantes judeus vindos da Rússia, Douglas nasceu em 1916 na cidade de Amsterdam, no interior do estado de Nova York, nos Estados Unidos. Ele decidiu virar ator quando criança, depois de ser aplaudido ao recitar um poema no jardim de infância. Antes de ingressar na carreira artística, serviu nas Forças Armadas dos EUA durante a Segunda Guerra Mundial. Após a guerra, Douglas voltou a Nova York, onde trabalhou no rádio, teatro e comerciais.

Em 1946, Douglas estreou no cinema atuando no filme “O Tempo Não Apaga”. Nos anos seguintes, ele se consagrou como um dos principais atores de Hollywood. O ator participou de mais de 80 filmes, entre eles, clássicos como "A Montanha dos Sete Abutres" (1951), de Billy Wilder, "Glória Feita de Sangue" (1957) e "Spartacus" (1960), ambos dirigidos por Stanley Kubrick. 

O artista foi indicado três vezes aos Oscar por seus papéis em "O Invencível" (1949), “Assim Estava Escrito” (1952) e "Sede de Viver" (1956). Neste último, interpretou o pintor Vincent Van Gogh.  Douglas foi casado duas vezes, primeiro com Diana Dill, com quem teve dois filhos: o ator Michael Douglas e o produtor Joel Douglas. Com sua segunda esposa, Anne Boydens,  teve também dois filhos, o produtor Peter Vincent Douglas e o ator Eric Douglas.


Imagem: Universal Pictures/Reprodução