Hoje na história

19.out.2003

Madre Teresa é beatificada por João Paulo II diante de mais de 300 mil pessoas

Em um dia como este, no ano de 2003, Madre Teresa de Calcutá era beatificada pelo Papa João Paulo II, diante de 300 mil pessoas na Praça São Pedro, no Vaticano. Foi o processo de beatificação mais rápido da História, que durou apenas quatro anos. Madre Teresa havia morrido no dia 5 de setembro de 1997 e Paulo II, um grande admirador da missionária, foi o responsável pela agilidade do processo. Em 1979, ela havia recebido o prêmio Nobel da Paz por seu trabalho em defesa dos pobres ao redor do mundo. Conhecida como a "santa dos pobres", Madre Teresa foi a 1.315ª beata proclamada por João Paulo II.
 
Nascida no dia 26 de agosto de 1910, em Skopje, na Macedônia, Madre Teresa fundou a ordem das Missioneiras da Caridade, reconhecida como uma congregação pontifícia sob a jurisdição de Roma. Seus membros, além dos votos de pobreza, castidade e obediência, têm que assumir um quarto voto: a promessa de servir aos pobres, a quem Madre Teresa descrevia como encarnações de Jesus. Após abrir um centro em Calcutá, em 1952, ela estendeu a ordem por todos os continentes.

 


 

Imagem: [Public domain], via Wikimedia Commons