Hoje na história

29.mar.2006

Marcos Pontes torna-se o primeiro astronauta brasileiro a viajar para o espaço

Em 29 de março de 2006, Marcos Pontes se tornou o primeiro brasileiro a ir ao espaço. Além dele, também participaram da Missão Centenário o cosmonauta Pavel Vinogradov, da Rússia, e o astronauta Jeffrey Williams, dos Estados Unidos. Naquele dia, a bordo da nave Soyuz TMA-8, os três decolaram do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, em direção à Estação Espacial Internacional.

A Missão Centenário foi batizada assim em referência à comemoração do centenário do primeiro voo do 14 Bis, pilotado por Santos Dumont, em Paris, em 1906. A missão foi fruto de um acordo firmado entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e a Agência Espacial da Federação Russa (Roscosmos). Antes da viagem, Marcos Pontes passou por um treinamento na Cidade das Estrelas, complexo de formação e preparação de cosmonautas russos situado a cerca de 50 km de Moscou.

A Soyuz TMA-8 acoplou na Estação Espacial Internacional no dia 1° de abril daquele ano. Lá os três realizaram diversas pesquisas científicas. Pontes levou oito experimentos que foram estudados em ambiente de microgravidade, seis deles de instituições brasileiras de pesquisa e dois de escolas de ensino médio, de São José dos Campos (SP).

O primeiro brasileiro a ir ao espaço já estava qualificado como astronauta da NASA. Dificuldades encontradas pelos Estados Unidos levaram a seguidos atrasos na missão com o astronauta brasileiro e ao redirecionamento para o voo com os russos. Pontes retornou à Terra no dia 8 de abril a bordo da nave Soyuz TMA-7.

Após seu retorno, Pontes solicitou a reserva da Força Aérea Brasileira (FAB), onde atuava como tenente-coronel, mas ainda continuou a trabalhar no programa espacial brasileiro. Em 2019, ele assumiu o ministério da Ciência e Tecnologia. 


Imagens: Agência Espacial Brasileira/Reprodução