Hoje na história

18.out.1860

Morre Casimiro de Abreu, poeta brasileiro

Poeta da segunda geração romântica do Brasil, Casimiro José Marques de Abreu morria em um dia como este, em 1860, em Nova Friburgo (RJ). Ele foi vítima de tuberculose aos 21 anos de idade. Com uso de uma linguagem simples, espontânea e ingênua, ele se tornou um dos poetas mais populares do Romantismo. Seu sucesso, tanto no Brasil como em Portugal, ocorreu somente depois de sua morte.
 
Nascido em 4 de janeiro de 1839, em Silva Jardim (RJ), seu trabalho aborda temas como a casa paterna, a saudade da terra natal e o amor. Suas principais obras são o romance Carolina (1856), a prosa A Virgem Loura, as poesias de Primaveras (ambas de 1859) e a peça de teatro Camões e o Jau (1856).
 
 

Imagem:  [Domínio público], via Wikimedia Commons