Hoje na história

05.mar.2013

Morre Hugo Chavez, presidente da Venezuela

Marcado por uma carreira política controversa, Hugo Chavez, então presidente da Venezuela, morreu em 5 de março de 2013, em Caracas. Ele tinha 58 anos e sofria de câncer na região da pélvis. Ficou conhecido quando era tenente-coronel e tentou dar um golpe de estado para tirar Carlos Andrés Pérez do poder, em 1992. Apesar da tentativa fracassada e de sua prisão, tornou-se uma figura bastante popular e chegou à presidência, eleito por voto popular, em 1998.

Seu governo caracterizou-se por uma política externa antiamericana e anticapitalista. Durante sua gestão, houve a nacionalização de empresas privadas e o estado passou a exercer o controle de atividades essenciais. 

Chavez foi reeleito pela primeira vez em 2006 (mais de 62% dos votos) e depois em 2012, com 54%. Neste último mandato, porém, não conseguiu assumir devido à doença. Enquanto esteve à frente da presidência, seu governo foi alvo de várias crises, como um golpe em 2002 e protestos de trabalhadores e estudantes, nos quais manifestantes morreram. Sua relação com os Estados Unidos também sempre foi marcada por tensões.

Sem dar muitos detalhes sobre a doença, Hugo Chavez começou seu tratamento em junho de 2011. Ele passou um período em Cuba, onde recebeu atendimento médico, passou por cirurgias e exames. Em fevereiro, pouco antes da sua morte, retornou à Venezuela e ficou recluso ao Hospital Militar. Na ausência de Chavez, quem assumiu o poder foi vice-presidente Nicolás Maduro.

Hugo Chavez nasceu no dia 28 de julho de 1954, na cidade de Sabaneta, filho de um casal de professores. Ele foi casado duas vezes: primeiro com Nancy Colmenares, com quem teve três filhos e depois com a jornalista Marisabel Rodríguez, de quem se separou em 2003, e com quem teve uma filha.


Foto: Agencia Brasil, via wikimedia commons