Hoje na história

21.out.1969

Morre o escritor Jack Kerouac, expoente da “geração beat”

No dia 21 outubro de 1969 morria, aos 47 anos, em St. Petersburg, na Flórida, Jack Kerouac, escritor, poeta e pintor norte-americano, um dos principais expoentes da geração beat. Ele morreu de hemorragia por conta de uma cirrose. Nascido no dia 12 de março de 1922, em Lowell, Massachusets, ele escreveu uma de suas obras mais famosas “On the Road” (Pé na Estrada, 1957) após uma série de longas viagens pelos Estados Unidos e México, acompanhado pelo uso de algumas drogas com os amigos. Este livro virou um clássico e seria conhecido como a “Bíblia Hippie”. O sucesso e o prestígio após a publicação de “On the Road” deixaram Jack atormentado. Na sequência, ele decidiu trabalhar em outros projetos como “The Dharma Bums”, lançado em 1958. Nesta mesma época, o escritor resolveu se isolar do convívio social e ficou longos dias em uma colina, sozinho, sem eletricidade e bebendo. Por conta disso, sofreu com alucinações e paranoias. A experiência foi registrada no livro “Big Sur”, de 1962. O problema do alcoolismo piorou com o tempo. Na metade dos anos 60, ele se casou com uma amiga de infância e, juntamente com a esposa, se mudou para St. Petersburg, na Flórida, onde mais tarde Kerouac morreu.

 


Imagem: By Tom Palumbo from New York, NY, USA (Jack Kerouac) [CC BY-SA 2.0], via Wikimedia Commons