Hoje na história

03.nov.1935

Nasce Betinho, sociólogo e ativista brasileiro

Sociólogo e ativista dos direitos humanos, Herbert José de Sousa, conhecido como Betinho, nasceu no dia 3 de novembro de 1935, em Bocaiúva, Minas Gerais. Assim como seus dois irmãos – o cartunista Henfil e o músico Chico Mário. – Betinho era portador da hemofilia e, durante sua vida, sofreu com outras doenças, como tuberculose e a Aids, doença que descobriu em 1986, adquirida durante uma transfusão de sangue. Betinho se formou em sociologia em 1962, assessorou o ministério da Educação durante o governo João Goulart e foi um defensor da reforma agrária. Por conta de sua militância política, deixou o país durante o governo militar e mudou-se para o Chile, onde assessorou Salvador Allende. Porém, com o golpe militar de Pinochet, precisou novamente mudar de país. Morou no Canadá e depois no México. Retornou ao Brasil em 1979, com a Lei da Anistia. Seu projeto mais conhecido é a Ação da Cidadania contra a Fome, a infa, movimento em favor dos pobres e excluídos. Betinho morreu no dia 9 de agosto de 1997, debilitado por causa da Aids. Ele deixou dois filhos: Daniel e Henrique. Também foi autor de crônicas, livros sobre cidadania, Aids, e escreveu histórias para o público infanto-juvenil.

 


Imagem: via Wikimedia Commons