Hoje na história

09.out.1879

Nasce Max von Laue

Max Von Laue nasceu no dia 9 de outubro de 1879 e faleceu no dia 24 de abril de 1960. Foi um físico alemão condecorado com o Prêmio Nobel de Física em 1914. Desenvolveu um método para medir o comprimento de onda dos raios X, utilizando, pela primeira vez, cristais salinos delgados como retícula de difração, chegando a demonstrar que estes raios eram de natureza análoga aos da luz, mas não visíveis, dado que seu comprimento de onda é extremamente curto. Também trabalhou sobre os diagramas (imagens simétricas) produzidos nas placas fotográficas pelos raios X que tenham sofrido a reflexão ou a refração em um material cristalino. Também investigou no campo da teoria da relatividade. Quando a Alemanha invadiu a Dinamarca durante a Segunda Guerra Mundial o químico húngaro George de Hevesy dissolveu as medalhas dos prêmios Nobel em água régia, para assim evitar que os nazistas as roubassem, colocando esta solução em uma estante de seu laboratório do Instituto Niels Bohr. Depois da guerra voltou ao laboratório e precipitou o ouro para tirá-lo da mistura. O ouro foi devolvido para a Real Academia de Ciências da Suécia e a Fundação Nobel deu novas medalhas a Von Laue. Como escritor, sua obra mais significativa foi Das Relativitätsprinzip (O Princípio da Relatividade, 1911).

 


Imagem:  via Wikimedia Commons