Mês do Mistério

Confira a programação!

VIDA EXTRATERRESTRE

Cientista acredita que lua de Júpiter pode abrigar seres vivos com inteligência de polvo

Europa, uma das quatro luas de Júpiter, é um dos locais com maiores probabilidades de abrigar vida alienígena no nosso sistema solar, segundo a NASA. Agora, uma cientista espacial afirma que "tem quase certeza" que existem seres vivos no local. Eles habitariam o oceano que fica abaixo da grossa camada de de gelo que cobre a maior parte do satélite natural. 



A cientista chama-se Monica Grady, professora da Universidade Liverpool Hope, na Inglaterra. "Quando se trata de perspectivas de vida fora da Terra, tenho quase certeza que ela existe sob o gelo de Europa", afirmou. Acredita-se que a água abaixo da superfície congelada da lua de Júpiter é salgada e talvez aquecida por fontes hidrotermais, o que ofereceria condições para a existência de vida.

Grady acredita ainda que Marte também pode abrigar a vida. Mas ela acha que os seres vivos marcianos seriam microscópicos, como bactérias. Já os habitantes da lua de Júpiter seriam mais complexos. "Acho que existem chances de haver formas de vida superiores em Europa, com inteligência similar a dos polvos, talvez", especula a professora.

A NASA planeja enviar uma espaçonave para Europa em 2025. Para procurar seres vivos por lá será necessário um explorador aquático resistente, capaz de navegar sozinho em um oceano alienígena sob camadas de gelo com 10 a 19 quilômetros de espessura. Para essa missão, a agência espacial está testando um equipamento na Antártida capaz de vasculhar superfícies congeladas em busca de vida.


Fonte: Forbes

Imagem: NASA/JPL-Caltech