Coréia do Norte

20 passos históricos: Donald Trump é o primeiro presidente dos EUA a pisar na Coreia do Norte

O presidente dos EUA, Donald Trump, em um ato histórico,  apertou a mão de Kim Jong Un e deu 20 passos para a Coréia do Norte, tornando-se o primeiro presidente dos EUA a colocar os pés no país mais fechado do mundo. Trump cruzou o meio-fio de pedra que separava o norte e o sul às 3h45 da tarde (hora local), caminhando ao lado de um sorridente Kim.

Veja abaixo como foi:

O ocorrido, aparentemente espontâneo, foi transmitido ao vivo. Donald Trump estava a caminho da Coreia do Sul quando enviou pelo Twitter um convite a Kim Jong Un:

 "Após algumas reuniões muito importantes, incluindo minha reunião com o presidente Xi da China, eu deixarei o Japão e irei para Coreia do Sul (com o presidente Moon). Enquanto estiver lá, caso o líder da Coreia do Norte, Kim, veja isso, eu gostaria de encontrá-lo na fronteira/DMZ  para apertar sua mão e dizerr Olá(?)!

Enquanto apertavam as mãos, Trump disse:  "Você gostaria que eu atravessasse?". "Eu estou bem com isso." E, então, atravessou e deu 20 passos dentro da Coreia do Norte. Na breve visita de 1 minuto, Trump e Kim apertaram as mãos mais uma vez e deram tapinhas nas costas um do outro. "Eu nunca esperei encontrá-lo neste lugar", disse Kim a Trump através de um intérprete. Depois, Trump levou Kim para a Freedom House, no lado sul, para uma reunião de 50 minutos. Mais tarde, Trump disse que estava "orgulhoso em cruzar a linha", agradeceu Kim pela reunião e o convidou para ir à Casa Branca.

O líder norte-coreano disse ter ficado surpreso com o convite de Trump para o encontro na DMZ. "Acho que ao nos reunirmos aqui, dois países de um passado hostil, estamos mostrando ao mundo que temos um novo presente e uma reunião positiva por vir."

Os dois líderes se reuniram por pouco mais de 50 minutos mas, além de um acordo para reiniciar as negociações entre os dois países, não foi divulgado qualquer outro resultado dessa conversa.


Fonte: Reuters e The Guardian