CURIOSIDADES

2020: Estamos em uma nova década ou não, afinal?

Aconteceu no ano 2000, no ano de 2010 e também agora, em 2020. As pessoas não têm certeza se entraram ou não em uma nova década. Alguns acreditam que, de fato, o ano de 2020 marca o início de uma nova década, enquanto outros garantem que não, que a década inicia no primeiro dia de 2021. Afinal, quem está certo?

Para a Real Academia Espanhola (RAE), a década só começa em 2021. Em uma postagem no Twitter, a instituição que regula a língua espanhola foi contundente: “Cada década de um século começa em um ano que acaba com um e termina em um ano que acaba com zero”. Assim, a primeira década do século XX foi de 1901 a 1910, a segunda de 1911 a 1920, e assim por diante. Portanto, a década passada teria começado em 2011 e terminará no último dia de 2020. A RAE considera que é assim que acontece porque, no calendário gregoriano, que rege o sistema cronológico, não existe ano zero. O Observatório Naval dos Estados Unidos, instituição que é responsável pela hora oficial daquele país, também segue o mesmo preceito, ou seja, a década só começa em 2021. 

Apesar desses detalhes técnicos, culturalmente as pessoas costumam considerar que as décadas começam nos anos que terminam em zero e acabam nos anos finalizados em nove. Afinal, essa convenção faz sentido. Quando alguém se refere aos anos anos 90, geralmente pensa no período entre 1990 e 1999. Poucas pessoas consideram que 1990 faça parte dos anos 80, por exemplo. 

A Encylopaedia Britannica adota essa lógica popular. "Nunca ocorreu a mim ou a qualquer um de nós da Britannica se preocupar com isso", disse J.E. Luebering, diretor editorial da publicação fundada em 1768. "Isso pode enfatizar que somos mais inclinados às ciências humanas do que às ciências exatas. Mas o consenso aqui é que estamos um pouco perplexos com o debate", afirmou em entrevista à CNN.


Fontes: El País e CNN

Imagem: Shutterstock.com