meio ambiente

5 animais extintos para sempre e 1 que milagrosamente reapareceu

Os dinossauros não são os únicos animais que desapareceram para sempre. Segundo a ONG World Wide Fund for Nature (WWF), cerca de 10 mil espécies são extintas por ano, e em muitos casos isso acontece por intervenção humana. Estas são 5 dessas espécies, e uma que milagrosamente reapareceu.

1 - Dodô


Imagem: Natural History Museum, via Wikimedia Commons

O animal extinto mais famoso, além dos dinossauros, foi visto pela última vez em 1700. Ele foi extinto quando os humanos chegaram às ilhas Maurício, no Oceano Índico, local onde viviam, trazendo consigo outros animais e seu próprio apetite carnívoro.

2 - Vaca marinha

 

Depois do dodô, foi a vez da vaca marinha de Steller, parente do peixe-boi, que podia medir até nove metros. Sua pele e sua valiosa gordura a tornaram objeto de caçadores, que a extinguiram em pouco tempo.

3 -  Colobus vermelho de Miss Waldron


Imagem: Olivier Lejade, via Wikimedia Commons

Esse animal não foi visto desde 1978 e foi declarado extinto no início da década de 2000. Vivia na fronteira entre Gana e Costa do Marfim. Era uma criatura dócil, acostumada a viver em grandes grupos e no alto das árvores, mas o homem começou a reduzir seu hábitat e hoje o colobus está desaparecido. 

4 - Alce-irlandês 


Imagem: Pavel Riha, via Wikimedia Commons

O alce-irlandês desapareceu há cerca de 7,7 mil anos, possivelmente por uma combinação da caça excessiva e mudanças climáticas. Podia chegar a 2 metros de altura e seus chifres podiam medir 3,65 metros, de ponta a ponta. 

5 - Foca-monge-do-Caribe 


Imagem: George Brown Goode, via Wikimedia Commons

Era perseguida por conta de sua gordura, e a pesca de suas fontes de alimentos a afetou gravemente. Foi vista pela última vez em 1952 na ilha Serranilla, entre a Jamaica e a Nicarágua.

Ressurgida: Águia-rabalva 


Imagem: Tobias Biehl, via Wikimedia Commons

Essa magnífica ave, que atinge até dois metros de envergadura, foi extinta na Grã-Bretanha no início do século XX por conta da caça excessiva. Por sorte, alguns exemplares sobreviveram em outras partes da Europa e ela foi reintroduzida com êxito no Reino Unido. 


Fonte: BBC 

Imagens: Shutterstock.com (exceto onde indicado)