PANDEMIA

5 doenças transmitidas por animais que se tornaram ameaças aos humanos

Os cientistas acreditam que o novo coronavírus começou a se disseminar a partir do mercado de Wuhan, na China. O chão desse local ficava frequentemente coberto de água e sangue de animais, constituindo uma atmosfera ideal para a transmissão de doenças zoonóticas. Confira abaixo o histórico dessa e de outras enfermidades que passaram de animais para humanos:

Peste bubônica

A peste bubônica é causada pela bactéria Yersinia pestis, transportada principalmente por roedores. A doença passa para os seres humanos por meio de picadas de pulgas infectadas. Ao avançar e se agravar, ela também é transmitida por espirros, saliva e contato com feridas das pessoas doentes. Estima-se que a pandemia de peste tenha matado entre 75 e 200 milhões de pessoas no século IV na Europa, Ásia e Norte da África.

SARS

Também causado por um coronavírus, o surto  dessa doença se iniciou em 2002 e teve origem em uma das espécies à venda nos mercados chineses: a civeta, um pequeno mamífero consumido como iguaria. Os contágios foram pouco mais de 8400, mas surpreendentemente fatais. Houve casos em 29 países diferentes e mais de 10% dos infectados morreram.

Gripe Suína (H1N1)

Em 2009 ocorreu a pandemia da gripe suína (mais tarde rebatizada de gripe A), que teria se alastrado a partir de uma fazenda de porcos no México. Essa doença conscientizou o mundo todo a lavar as mãos, colocando o álcool em gel em evidência. O número de vítimas é impreciso, mas estima-se entre 200 mil e 500 mil mortos. Entre 10% e 20% da população mundial contraiu o vírus.

Ebola

A doença causada pelo vírus Ebola é uma ameaça aos gorilas e chimpanzés da África Central. Ela pode ter se espalhado para os seres humanos a partir de morcegos ou macacos infectados. O surto de 2014–2016 na África Ocidental foi o maior desde que o vírus foi descoberto, em 1976. Dois anos e meio após a descoberta do primeiro caso, o surto terminou com mais de 28.600 casos e 11.325 mortes.

COVID-19

A pandemia atual é atribuída a um animal que se encontra em perigo de extinção, chamado de pangolim. Segundo os especialistas, esses animais podem ter ingerido excremento de morcego enquanto procuravam por alimentos, contraindo assim o vírus, que mais tarde foi disseminado entre os humanos.


Fontes: Live ScienceInfobae 

Imagens: Shutterstock.com