DOENÇAS

Alerta para infecção de vermes que invadem o cérebro

Veja como o parasita é transmitido e quais são as consequências para os humanos! 

Vídeo relacionado:
A primeira vez que se teve registro dessa infecção parasitária foi em Taiwan, em 1944, e, desde então, houve surtos em diferentes partes do mundo. A globalização, assim como a mudança climática crescente, facilitam a propagação da doença.

A angiostrongilíase, como é chamada a infecção, é causada pelo “verme pulmonar dos ratos”. Sua propagação ocorre quando as fezes dos roedores portadores do parasita contaminam outros animais, como caracóis, lesmas, camarões-de-água-doce e rãs. Os humanos podem contrair a doença ao comer qualquer um desses animais ou ao ingerir frutas e verduras cruas contaminadas.

A maioria das pessoas infectadas consegue se recuperar sem problemas graves. Porém, em algumas situações, os vermes migram para o cérebro do hospedeiro e podem causar meningite. Os sintomas incluem tremores, inflamação e uma dor de grande intensidade.

Os ratos que viajam nos navios de carga, assim como as lesmas grudadas nas embarcações, vieram da Ásia e da América portando os parasitas. No Havaí, onde haviam sido documentados apenas 2 casos na última década, foram confirmados mais de 6 diagnósticos nos últimos três meses.


Fonte: Playground Mag

Imagem: Shutterstock