IDADE MÉDIA

Ars Moriendi, o guia medieval do além

O guia da morte foi um dos primeiros hits literários da época! 

Vídeo relacionado:
No século XV, em meio à terrível epidemia de peste negra que exterminou um terço da população europeia, foi redigido o Ars Moriendi, um manual cristão para a boa morte.

O livro, escrito originalmente em latim, teve duas versões: uma longa, na qual se detalha, em seis capítulos, como vencer as tentações e acessar o paraíso dos pios; e outra curta, com ilustrações e versículos breves, fáceis de memorizar, para a população analfabeta.

ARS MORIENDI

ARS MORIENDI


O manual foi pensado para fazer o acompanhamento religioso de moribundos que muitos sacerdotes recusavam, aterrorizados com a possibilidade de contrair uma doença mortal. Seu sucesso foi tanto que chegou a ser traduzido em quase todos os idiomas ocidentais da época, tornando-se uma referência espiritual obrigatória na hora de enfrentar a morte.

Calcula-se que no ano de 1500 circulavam aproximadamente 100 cópias manuscritas do Ars Moriendi. Além disso, foi um dos primeiros livros a serem impressos tipograficamente.


Fonte: Super Curioso

Imagens: Domínio Público/Wikipedia