ASTEROIDES

Asteroide que passará perto da Terra na próxima semana "parece usar máscara"

Um asteroide com diâmetro estimado entre 2 e 4 quilômetros passará perto da Terra na próxima semana. Agora, uma nova imagem do objeto chamou a atenção dos cientistas do Observatório Arecibo, em Porto Rico. Em uma postagem bem-humorada no Twitter, os pesquisadores disseram que a rocha espacial "parece estar usando máscara". 

Na mesma postagem, os pesquisadores incluíram fotos deles mesmos usando máscaras para se precaver do coronavírus. Segundo os cientistas, o asteroide, batizado de (52768) 1998 OR2, não oferece riscos de colisão com a Terra. O objeto passará a uma distância aproximada de 6,29 milhões de quilômetros do nosso planeta no dia 29 de abril.

Segundo Anne Virkki, chefe de operações do radar do observatório, as características topográficas do asteroide são cientificamente fascinantes. "Mas, como todos estamos pensando no COVID-19, essas características fazem com que o 1998 OR2 pareça que se lembrou de usar uma máscara", brincou ela. Segundo a cientista, as colinas e cordilheiras do objeto são as responsáveis por sua curiosa aparência.

Apesar de não oferecer perigo à Terra, o asteroide (52768) 1998 OR2 está na lista da NASA de objetos potencialmente perigosos. Pelos critérios da agência espacial, são considerados "potencialmente perigosos" os objetos com mais de 140 m de diâmetro que se aproximam do nosso planeta a uma distância de 0,05 unidades astronômicas (ou 6 milhões de quilômetros). 

Em caso de impacto, asteroides do tipo podem desencadear tsunamis devastadores, terremotos e efeitos secundários que se estenderiam muito além da área de colisão. Há cerca de 66 milhões de anos, acredita-se que um asteroide de 10 km  de diâmetro tenha destruído os dinossauros e dois terços de toda a vida na Terra.


Fonte: University of Central Florida

Imagem: Observatório Arecibo/NASA/NSF/Divulgação