EXOPLANETAS

Astrônomos confirmam a existência do planeta mais próximo da Terra fora do Sistema Solar

Em 2016, cientistas do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês) encontraram evidências da existência do planeta mais próximo da Terra fora do Sistema Solar. Agora, depois de um período de dúvida, os pesquisadores confirmaram que ele realmente existe. Batizado de Proxima b, o nosso "vizinho" está localizado em uma zona considerada habitável no sistema Proxima Centauri.

A descoberta do Proxima b causou grande entusiasmo na comunidade científica, mas novas pesquisas eram necessárias para confirmar sua existência. Ele havia sido observado de modo indireto por meio de uma técnica chamada Espectroscopia Doppler. Mas a atividade estelar pode causar distorções capazes de gerar resultados "falsos positivos" para a existência de exoplanetas com o uso desse método. Por isso os pesquisadores ainda não tinham certeza que o Proxima b estava realmente lá.

Mas um novo estudo feito com a colaboração de 91 cientistas finalmente confirmou a existência do Proxima b. Para isso, eles usaram um equipamento chamado Espectrógrafo de Echelle para Exoplanetas Rochosos e Observações Espectroscópicas Estáveis (ESPRESSO, na sigla em inglês). O equipamento oferece precisão sem precedentes na medição da localização de estrelas, sendo capaz de identificar movimentos causados por um planeta.

De acordo com os astrônomos, o Proxima b tem características similares às da Terra. O exoplaneta tem uma massa um pouco maior que a do nosso planeta e temperaturas adequadas para a existência de água em estado líquido.


Fonte: IFLScience

Imagem: ESO/M. Kornmesser/Divulgação