BURACOS NEGROS

Astrônomos detectam milhares de buracos negros no centro da Via Láctea

Um grupo de astrônomos da NASA descobriu evidências da existência de milhares de buracos negros localizados perto do centro da Via Láctea. De acordo com os pesquisadores, trata-se de buracos negros de massa estelar, que geralmente pesam entre cinco e trinta vezes a massa do Sol. O estudo foi feito utilizando dados do Observatório de raios X Chandra. 

Segundo a agência espacial, esses buracos negros foram encontrados há três anos luz do buraco negro supermassivo no centro de nossa galáxia, conhecido como Sagitário A, o que, em escalas cósmicas representa uma distância relativamente curta. Estudos teóricos apontam que até 20 mil buracos negros de massa estelar (que são significativamente menores que um buraco negro supermassivo) podem existir ao redor de Sagitário A.

De acordo com a NASA, é a primeira vez que evidências da presença desses buracos negros são observadas. A descoberta reforça teorias a respeito do movimento dos buracos negros. 

O Observatório Chandra conseguiu detectar sinais dos buracos negros por meio de suas emissões de raios-X. Mesmo que os buracos negros sejam invisíveis, ainda assim eles emitem sinais que indicam sua presença. Um exemplo desses sinais são as emissões de raios-X produzidas quando um buraco negro devora materiais cósmicos.


Fontes: NASA e IBT

Imagem: NASA/Observatório Chandra/Divulgação