DIREITOS HUMANOS

Ativista Malala Yousafzai completa os estudos na Universidade de Oxford

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai, de 22 anos, completou suas últimas provas na Universidade de Oxford, na Inglaterra. Ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, ela está se graduando em Política, Filosofia e Economia na conceituada instituição. Em 2012, a jovem sobreviveu um atentado a tiros executado pelo Taliban.

"É difícil expressar minha alegria e gratidão agora, ao concluir meu curso de Filosofia, Política e Economia em Oxford. Eu não sei o que está por vir. Por enquanto, será Netflix, ler e dormir", disse a jovem nas redes sociais. Ela também compartilhou fotos da comemoração do momento especial. Em uma das imagens, ela aparece toda suja após o tradicional trote pós-formatura de Oxford. Em outra, ela divide um bolo com sua família.

A jovem ficou conhecida ao ser baleada no Paquistão, em 9 de outubro de 2012, ao entrar em uma van escolar. Ela levou três tiros disparados por um soldado Taliban, sendo que um deles atingiu seu rosto. O movimento fundamentalista islâmico estava incomodado com ela, que defendia o direito de jovens mulheres paquistanesas irem para a escola. 

Após os disparos, ela foi internada em estado grave. Quando seu estado clínico melhorou, Malala foi transferida para um hospital em Birmingham, na Inglaterra, onde ela se radicou com a família. Depois disso, ela se consolidou em sua luta pela defesa dos Direitos Humanos. Em 2014, aos 17 anos, Malala se tornou a mais jovem ganhadora do Prêmio Nobel da Paz.


Fonte: BBC

Imagem: Reprodução/Twitter