ESPAÇO

Autoridades investigam astronauta que pode ter cometido primeiro crime espacial

O New York Times informou que as autoridades dos Estados Unidos investigam o que pode ter sido o primeiro crime cometido no espaço. O suposto delito teria acontecido na Estação Espacial Internacional. O fato veio à tona como consequência do processo de divórcio entre a astronauta Anne McClain e sua ex-parceira Summer Worden, ex-oficial de inteligência da Força Aérea dos EUA.

Worden alega que Anne McClain acessou suas contas bancárias de dentro da Estação Espacial Internacional sem autorização, enquanto se preparava para fazer parte da primeira caminhada espacial feminina da NASA. McClain não negou os fatos, mas disse que estava simplesmente revisando as finanças da família. No entanto, elas já estavam separadas quando isso aconteceu.

A defesa de McClain garante que sua cliente estava apenas procurando garantir que a conta tivesse fundos suficientes para cuidar da criança que o casal estava criando, fruto de um relacionamento anterior de Worden. Antes do divórcio, McClain havia solicitado à Justiça direitos parentais sobre a criança, acusando sua parceira de violência doméstica.

E o que a Justiça prevê em casos de crimes espaciais? Os países que administram a Estação Espacial Internacional estabeleceram uma estrutura legal que concede a cada nação jurisdição sobre suas respectivas partes da estação. Isso quer dizer que um possível crime cometido por um astronauta dos Estados Unidos usando um computador da NASA seria processado pela Justiça daquele país.


Fontes: Space.com e Live Science
I
magem: Nasa