BURACOS NEGROS

Buraco negro que mais cresce no universo tem 34 bilhões de vezes a massa do Sol

Um estudo recente revelou novas informações a respeito do buraco negro que cresce mais rapidamente no universo, conhecido como J2157. De acordo com os pesquisadores, o gigante tem 34 bilhões de vezes a massa do Sol e consome o equivalente à nossa estrela mais próxima por dia. A pesquisa foi liderada por pesquisadores da Universidade Nacional da Austrália.

O buraco negro gigante foi descoberto pela mesma equipe em 2018. Segundo o astrônomo Christopher Onken, um dos autores do estudo, a massa do J2157 também é cerca de 8 mil vezes maior que a do buraco negro que existe no centro da Via Láctea. "Se o buraco negro da Via Láctea quisesse engordar a esse ponto, teria que engolir dois terços de todas as estrelas da nossa galáxia", afirmou. 

De acordo com os pesquisadores, o J2157 surgiu quando o universo tinha apenas 1,2 bilhão de anos, menos de 10% de sua idade atual. Os cientistas ainda não sabem como ele pôde crescer tanto assim no início do universo. A equipe agora está procurando por outros buracos negros na esperança de que eles possam fornecer algumas pistas.

A equipe usou o Very Large Telescope do ESO no Chile para medir com precisão a massa do buraco negro, que fica a uma distância de 12 bilhões de anos-luz da Via Láctea. O estudo deve ajudar a entender como esses gigantes se formaram e evoluíram. Além disso, os cientistas querem descobrir mais informações a respeito da galáxia que abriga o J2157.


Fontes: Universidade Nacional da Austrália e CNN

Imagem: NASA/JPL-Caltech