MEDICINA

Cientistas identificam "segundo cérebro" no corpo humano

O estômago é capaz de disparar sentimentos como felicidade e agressividade!

Vídeo relacionado:
Pesquisas recentes demonstraram que existem mais de 100 milhões de neurônios no estômago humano, o que faz desse órgão um "segundo cérebro", responsável por vários processos físicos e emocionais.

Durante a ingestão de alimentos, os neurônios estomacais liberam uma série de hormônios que regulam os processos de saciedade e fome. A colecistocinina (CCK) inibe a sensação de apetite ao detectar gorduras ou proteínas; o peptídeo GLP-1 facilita a contração do estômago e reduz os níveis de glucose no sangue; a grelina causa fome e reduz o gasto energético, favorecendo a acumulação de gorduras.

No que diz respeito ao aspecto emocional, novos estudos identificaram a relação entre a fome e a agressividade. Os indivíduos analisados apresentaram maior propensão de se sentirem felizes e satisfeitos com o estômago cheio.

Embora ainda seja necessário estudar com maior profundidade a relação entre o sistema digestivo e o cérebro, muitos cientistas acreditam que essa poderá ser uma pista importante para o tratamento de vários distúrbios mentais.


Fonte: Super Curioso

Imagem: Shutterstock