DESCOBERTA ARQUEOLÓGICA

Com 7 mil anos, estrutura de madeira mais antiga do mundo é encontrada por arqueólogos

Em 2018, durante os trabalhos de escavação para uma nova rodovia na República Tcheca, foi descoberto um estranho objeto de madeira. À primeira vista parecia uma caixa velha ou um baú rústico, mas agora uma equipe de especialistas determinou que se trata de um poço de 7.275 anos de idade. De acordo com os pesquisadores, é a estrutura de madeira mais antiga já descoberta.

Os arqueólogos analisaram as diferentes peças que compõem o poço por um método chamado dendrocronologia,  processo que analisa os anéis dos troncos das árvores. A datação por isótopos de carbono determinou que as árvores que deram origem à madeira foram derrubadas em 5.225 a.C., no início do Neolítico. 

De acordo com os especialistas, o poço media 80 cm de largura por 80 cm de comprimento e 140 cm de profundidade. Além disso, ele contava com um eixo que se estendia abaixo do nível do solo até alcançar as águas subterrâneas. "O poço só foi preservado porque ficou submerso durante séculos. Agora não podemos deixá-lo secar, ou seria destruído", disse Karol Bayer, do Departamento de Restauração da Universidade de Pardubice.

A estrutura de madeira foi feita com técnicas de carpintaria muito avançadas para seu tempo, o que sugere que seus construtores fossem muito habilidosos. Acredita-se que as ferramentas com as quais a madeira foi trabalhada foram feitas de pedra, ossos ou chifres de animais, já que naquela época ainda não se conhecia a fabricação de metais. A pesquisa detalhando a descoberta foi publicada no Journal of Archaeological Science.


 Fontes: CNN e Science Alert

Imagem:  Centro Arqueológico de Olomouc/Reprodução