Conheça os 5 enigmas da Segunda Guerra Mundial ainda não desvendados

A Segunda Guerra Mundial e 5 enigmas ainda não desvendadosInsólitas, incríveis, enigmáticas e misteriosas. Assim são as histórias que, acredite ou não, contam os efeitos de uma convivência forçada entre diversas culturas em ambientes estranhos e situações limites, sempre com a morte como pano de fundo. Estes são alguns dos mais enigmáticos mistérios surgidos na Segunda Guerra Mundial.

1. O relatório dos mortos
Três pilotos de aviões bombardeiros Douglas DB-7 Boston regressaram à base após uma missão de bombardeio contra as forças alemãs. O marechal no comando ordenou que elaborassem um relatório do caso, porém, abalado pelo cansaço e terror que marcavam as faces dos pilotos, ordenou-lhes que descansassem. Minutos depois, o marechal recebeu um comunicado avisando que aqueles pilotos haviam morrido durante a missão. Restou a evidência física da obediência sem limites desses soldados fantasmas, que mesmo depois da morte, escreveram o relatório da missão em que morreram.

2. Os soldados do canhão antiaéreo
Na primavera de 1944, o Porto de Hollandia foi o cenário de uma importante invasão aliada. Tomados de surpresa e assumindo a derrota inevitável, os japoneses fugiram para o Leste. No entanto, os habitantes locais relataram, um tempo depois, que muitos deles por lá ficaram: como fantasmas. Em 1956, a agência Reuters informou que os residentes de Hollandia haviam pedido aos membros de um comitê para exorcizar um canhão antiaéreo japonês abandonado na praia, cansados de, toda meia-noite, vislumbrar os fantasmas de soldados japoneses esqueléticos, aguardando um impossível e anacrônico ataque aliado. 

3. Hitler usou a famosa "Lança do Destino"
Mais de um historiador já deu a entender que Adolf Hitler tinha em seu poder a lança que foi cravada no corpo de Cristo para comprovar a sua morte. Essa lança, conhecida como a "Lança do Destino", já teria passado pelas mãos de Constantino, o Grande durante a expansão do Império Romano. Em seguida, passou por mais de quarenta imperadores (como Carlos Magno, ou Frederico, o Grande), os quais nunca perderam uma batalha enquanto tinham posse do talismã histórico. Diz-se que um jovem Adolf Hitler a encontrou durante uma visita a um museu em Viena. Mais tarde, ele teria dito: "Imediatamente, me dei conta de que esse era um momento importante em minha vida". Quando a Alemanha anexou a Áustria, em 1938, Hitler pediu que lhe trouxessem a lança e, assim, saciou o seu desejo. Em 30 de abril de 1945, os Aliados descobriram um bunker secreto onde estava escondida a lança e se apoderaram dela. Aparentemente, a lança teria perdido a sua invencibilidade nas mãos do Führer.

4. As almas do Pacífico Sul
No final dos anos 50, um repórter da BBC de Londres informou que havia uma casa em Kuala Sengalor, Malásia, anteriormente ocupada por oficiais japoneses, onde se escutavam passos de pesadas botas militares. Outras fontes informaram que os pescadores da ilha filipina de Corregidor, ferozmente disputada, seguem vendo patrulhas espectrais anos depois da Guerra. 

5. O Triângulo das Bermudas
Muito mais do que um mito isolado, essa história se tornou uma fábrica de novos mistérios. É a história de cinco aviões de enfrentamento que saíram da estação naval em Fort Lauderdale, Flórida. O piloto do avião que guiava o trajeto reclamou que suas bússolas e aparelhos não estavam funcionando bem e que não sabia onde estava. Depois de várias horas de voo, os aviões caíram sem gasolina e, até hoje, não foram mais vistos. Nada se sabe sobre o destino dos 14 homens a bordo dos aviões. A partir dessa história, mais aviões foram perdidos neste mesmo local do globo, mantendo o mistério vivo por décadas até os dias de hoje.

FONTE E IMAGENS
20 Minutos