O UNIVERSO

Descoberta de um plâncton na Estação Espacial Internacional pode indicar que a vida na Terra é proveniente do espaço

O debate será promissor. Após a descoberta de um plâncton marinho em uma das janelas da Estação Espacial Internacional (EEI), a ciência deu mais um ponto a favor da panspermia, ao afirmar que se trata de uma evidência nova e reveladora sobre a origem da vida em nosso planeta ser extraterrestre. Enquanto alguns especialistas defendem que os pequenos organismos foram transportados da Terra até a EEI por correntes aéreas, outros dizem que isso é absolutamente impossível, atribuindo a existência do plâncton encontrado no espaço a uma origem para além dos confins terrestres.

As amostras de plâncton na EEI foram coletadas por cosmonautas enquanto realizavam experimentos nos equipamentos de iluminação e na superfície da estação. De acordo com as primeiras análises, esses micro-organismos não são originários de Baikonur, no Cazaquistão, de onde decolaram os módulos russos. Dessa maneira, a possibilidade de terem sido transportados ao espaço da plataforma de lançamento é nula.

“Os resultados do experimento são absolutamente únicos. Encontramos restos de plâncton marinho (...) Isso deve ser estudado mais a fundo”, disse o cosmonauta Vladimir Soloviev, chefe de uma das missões orbitais russas. Da mesma forma, o professor Chandra Wickramasinghe, do Centro de Astrobiologia de Buckingham, afirmou que micro-organismos, tais como algas, ou diatomáceas, já foram encontrados anteriormente em meteoritos que caíram sobre a Terra. “Foram encontradas diatomáceas em meteoritos no Sri Lanka, e não temos ainda nenhuma evidência de onde podem ter vindo (...) Essa é a primeira vez que possuímos informações que apontam diretamente a organismos vivos e complexos, que caem do céu. A EEI está orbitando a Terra em um vácuo total; não existe ar, por isso é um enorme desafio às leis da física dizer que esses organismos voaram de nosso planeta para o espaço”, afirma Wickramasinghe.

“A única explicação é que eles tenham vindo de outro lugar do espaço, e isso sustenta antigas teorias sobre o plâncton e toda a vida na Terra ter se originado a partir de organismos no espaço. Tudo o que existe na Terra teria vindo do espaço, incluindo os seres humanos”, conclui o cientista.

Fonte: Mystery Planet