CIENCIA

Descoberto o conteúdo de caixa de prata lacrada há 400 anos

Cientistas desvendaram parte de um mistério intrigante nos Estados Unidos. Eles descobriram o que havia dentro de uma pequena caixa de prata lacrada há quatrocentos anos. A caixinha havia sido encontrada com as ossadas de alguns dos primeiros colonizadores americanos.

Os ossos foram exumados de uma igreja na a cidade de Jamestown em 2013. Eles pertenciam a importantes figuras da colônia britânica na cidade, que viveram no local entre os anos de 1607 e 1610. Para não destruir a caixa de prata, eles usaram a tecnologia. Por meio de tomografia computadorizada, os pesquisadores conseguiram visualizar os objetos que estavam lá dentro. Com uma impressora 3D, eles reproduziram o seu conteúdo.

Dentro da caixa foram encontrados fragmentos de ossos e uma pequena ampola, que podia conter água benta ou outro tipo de líquido sagrado. Os cientistas acreditam que a caixa seja um objeto religioso, como um relicário.

Algumas perguntas sobre a caixa, que foi encontrada junto ao corpo do capitão Gabriel Archer, ainda não foram respondidas. Qual seria o significado da letra “m” gravada em sua tampa? Talvez fosse a inicial do nome de um santo ou tivesse algum sentido pessoal para o dono do artefato, de acordo com os pesquisadores.

Fontes: G1 e BBC 

Crédito da foto: Reprodução/BBC/Smithsonian Institution