EGITO

Encontrada tumba de funcionário de alto escalão de faraó egípcio

A múmia de um funcionário de alto escalão de um faraó foi encontrada em uma tumba em Saqqara, no Egito. O local, que tem as paredes decoradas com ilustrações e hieróglifos, está muito preservado. Acredita-se que ele tenha vivido há cerca de 4400 anos. 

A tumba foi descoberta ao lado de um complexo de pirâmides. Ao analisar os hieróglifos os arqueólogos descobriram que ela pertencia a um homem chamado Khuwy, administrador na corte do faraó Djedkare Isesi, que reinou entre os anos 2381 e 2353 a.C. Na câmara também havia um sarcófago danificado, que provavelmente foi destruído em uma tentativa de roubo em tempos remotos.

Nas inscrições contidas nas paredes, Khuwy é descrito como "seleto amigo", "um dos dez grandes do Alto Egito" e "supervisor da Grande Casa". Isso indica que ele era um administrador veterano na corte.

Os arqueólogos também exploraram uma das pirâmides do complexo. Eles descobriram que ela pertencia à rainha Setibhor, esposa do faraó Djedkare Isesi. Uma inscrição no local dizia: "Aquela que vê Horus e Seth, (...) a esposa do rei, sua amada Setibhor".


Fonte: Live Science

Imagem: Ministério de Antiguidades do Egito