VIKINGS

Encontradas centenas de espadas vikings quebradas na Estônia

Arqueólogos encontraram fragmentos de centenas de espadas vikings na Estônia. As peças foram localizadas em sítios arqueológicos em uma área litorânea do antigo condado de Ravala. Acredita-se que os artefatos remontem à metade do século X.  

Essa foi a maior descoberta de armas vikings na Estônia. Entre as peças encontradas estão pontas de lança e cabos de espada. Os pesquisadores concluíram que os artefatos pertenceram a vikings justamente pelo estilo desses cabos, bastante característicos dos armamentos usados por aquele povo. As espadas em questão possuíam dois gumes e tinham a empunhadura em forma de letra H.

Especialistas que analisaram o tesouro arqueológico acreditam que as armas provavelmente eram usadas como cenotáfios, memoriais fúnebres para homenagear guerreiros mortos em terras distantes. Era costume dos vikings que espadas quebradas fossem utilizadas para esse propósito, por isso as peças encontradas não estavam intactas. 

Embora a Estônia não seja tão associada aos vikings quanto os países da Escandinávia, seu litoral ficava próximo a uma importante rota comercial utilizada por aquele povo. Historiadores acreditam que os vikings invadiam frequentemente o território, chegando a estabelecer entrepostos comerciais fortificados na região.


Fontes: ForbesERR e The Vintage News

Imagem: viciarg ᚨ , via Wikimedia Commons