IMPÉRIO ROMANO

Estagiário encontra adaga de 2 mil anos do Império Romano em escavação na Alemanha

Um jovem de 19 anos encontrou um verdadeiro tesouro arqueológico na Alemanha. Nico Calmund, estagiário do Museu LWL, em Münster, se deparou com uma adaga de dois mil anos durante trabalhos de escavação na localidade de Haltern am See. Acredita-se que a arma tenha sido usada por um legionário do Império Romano que lutava contra uma tribo germânica.

De acordo com especialistas, trata-se do artefato mais extraordinário do tipo já descoberto na região. Inicialmente o objeto estava quase irreconhecível, coberto por grossas camadas de ferrugem. Mas após uma restauração, descobriu-se que a adaga estava muito bem preservada, apresentando arabescos refinados. O trabalho de recuperação do artefato durou nove meses. 

A restauração também revelou detalhes de esmalte e vidro no cabo da adaga e em sua bainha. Até mesmo os fios de linho da correia que prendia a arma à cintura do guerreiro estavam em bom estado de conservação. Michael Rind, diretor de arqueologia do conselho da região de Westphalia-Lippe, disse que essa é uma descoberta "sem paralelos".

Segundo os pesquisadores, soldados romanos carregavam adagas ornamentadas como um sinal de prestígio. Acredita-se que o local onde o artefato foi encontrado tenha sido palco de uma batalha que resultou em 20 mil mortes. A peça restaurada deve ser exibida no Museu de História Romana de Haltern em 2022.


Fonte: Daily Mail

Imagens: LWL/Eugen Müsch, LWL/Josef Mühlenbrock e LWL/ C. Steimer/Reprodução