ESPAÇO

Estranha substância gelatinosa é descoberta no lado oculto da Lua

Cientistas do Centro de Controle Aeroespacial de Pequim descobriram uma misteriosa substância gelatinosa dentro de uma cratera enquanto operavam à distância o módulo lunar Yutu-2, que atualmente estuda o lado oculto da Lua. O equipamento foi levado até a superfície lunar pela sonda Chang'e 4.

Quando o módulo entrou na cratera, encontrou em seu fundo uma substância brilhante e absolutamente desconhecida, descrita pelos cientistas chineses como "gel com um brilho misterioso". De longe, os cientistas não foram capazes de identificar o material, mas, seja lá o que for, ele destacou-se do cenário.

Agora, os cientistas chineses devem analisar a substância para entender do que se trata. Uma teoria externa à agência espacial da China diz que o material poderia ser algo bem mais comum. Clive Neal, especialista em geologia lunar da Universidade de Notre Dame, acredita que trata-se de vidro, formado pelo impacto de um asteroide ou cometa.

No começo de 2019, a missão espacial chinesa Chang'e 4 entrou para a história por ter sido a primeira a chegar ao lado oculto da Lua, que nunca é visível da Terra. Desde então, os pesquisadores chineses utilizam o equipamento para estudar a superfície lunar.


Fontes: Express.co.uk e Forbes

Imagem: Shutterstock.com