GENÉTICA

Estudo confirma teoria sobre primeira molécula da vida na Terra

Um novo estudo confirma uma teoria proposta em 1986, que afirma que a primeira molécula de vida sobre a Terra poderia ter sido o ácido ribonucleico (RNA).

Pela primeira vez na história, os cientistas conseguiram ver em laboratório como se forma espontaneamente uma série de “tijolos” fundamentais do RNA, a partir de “ingredientes” simples e disponíveis na Terra.

A chamada “Hipótese do mundo de RNA”, proposta pelo ganhador do prêmio Nobel e bioquímico americano Walter Gilbert já previa o que mais tarde foi confirmado: a possibilidade de que ingredientes químicos simples tenham dado origem a dois dos quatro “tijolos” fundamentais do RNA, o uracilo e a citosina.

Recentemente, os cientistas usaram diferentes ingredientes, como a aminopirimidina, cujos precursores foram detectados até mesmo no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, graças à missão Rosetta da Agência Espacial Europeia.

“Agora temos um caminho que nos indica como usar moléculas simples que provavelmente estavam presentes na Terra primitiva”, afirmou um dos cientistas responsáveis. O próximo objetivo é unir os “tijolos” do RNA para formar um filamento completo.


 


Fonte: Clarín
Imagem: ktsdesign/Shutterstock.com