LIVROS

Exemplar de "O Cortiço" é devolvido para biblioteca mais de 20 anos após empréstimo

Um livro retirado de uma biblioteca em 1998 foi finalmente devolvido mais de 20 anos após seu empréstimo. O caso aconteceu em Minas Gerais. No cartão contido dentro do exemplar de "O Cortiço", de Aluísio Azevedo, a data prevista para a  devolução da obra era 19 de novembro de 1998.

O livro pertence ao acervo da Biblioteca Municipal de Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A obra foi encontrada no balcão de um comércio na localidade de Casa Branca, em Brumadinho (MG). O exemplar de "O Cortiço" estava em uma pilha de livros para doação no empório.

Quem levou o livro para casa foi o advogado aposentado Sérgio Coutinho, de 69 anos. Ao folhear a obra, ele notou o cartão e o carimbo da Biblioteca Municipal de Pedro Leopoldo. Para devolver a obra à instituição, Coutinho pediu ajuda a um amigo, o poeta Antônio Galvão, de 59 anos, morador de Belo Horizonte.

Os dois entraram em contato com a Secretaria de Cultura de Pedro Leopoldo para providenciar a devolução. O livro havia se extraviado há tanto tempo que não há mais o registro de quem realizou o empréstimo. A biblioteca está fechada devido à pandemia de coronavírus. Como precaução o exemplar de "O Cortiço" foi colocado em quarentena junto com outras obras doadas recentemente à instituição. Após a reabertura, o livro estará novamente disponível para empréstimo.


Fonte: G1

Imagem: Antônio Galvão/Arquivo pessoal/Reprodução