Dinossauros

Fazendeiro descobre nova espécie de dinossauro: o temível "ceifador da morte"

A comunidade paleontológica está entusiasmada com a descoberta de um novo e temível dinossauro, o Thanatotheristes Degrootorum (que significa “ceifador da morte De Groot”), uma enorme espécie de carnívoro, com parentesco com o famoso Tiranossauro Rex. A nova espécie foi encontrada por um fazendeiro e paleontólogo amador na província de Alberta, no Canadá, e constitui o primeiro achado desse tipo em 50 anos.

O fóssil de 79 milhões de anos foi descoberto em 2010, na costa do rio Bow, no sul de Alberta, pelo fazendeiro John De Groot (que emprestou seu sobrenome para batizar a nova espécie)  enquanto fazia uma trilha com sua esposa Sandra. "Sabíamos que (a descoberta) era especial porque você podia ver claramente os dentes fossilizados", disse John. Apesar disso, o fóssil foi inicialmente confundido com um  T-Rex

Agora, no entanto, um estudante da Universidade de Calgary notou que algumas características desse espécime nunca haviam sido vistas antes. Assim, descobriu-se que se tratava de uma espécie completamente nova e desconhecida, que viveu cerca de 12 milhões de anos antes do T-Rex. Não se tratava de um ancestral, porém de uma evolução paralela, mais relacionada ao Daspletosaurus. O imponente animal tinha 8 metros de altura e um crânio de 80 centímetros, e era um implacável predador no Cretáceo Superior. 

"Esta é a ocorrência mais antiga de um grande tiranossauro no Canadá", disse a coautora do estudo, Dra. Darla Zelenitsky, pesquisadora da Universidade de Calgary. Jared Voris, doutorando e aluno de Zelenitsky, afirma que a descoberta da espécie é muito importante para entender o período do final do Cretáceo, quando os tiranossauros dominavam a Terra.


Fontes: BBC e Universidade de Calgary

Imagem:  Julius Scotonyi/Royal Tyrrell Museum, via Universidade de Calgary