Naufrágios

Foto de iceberg que teria afundado o Titanic aparece após mais de 100 anos

Mais de um século após o naufrágio do Titanic, uma fotografia inédita do iceberg que teria afundado o navio está sendo leiloada no Reino Unido. A imagem foi supostamente registrada dois dias antes da tragédia, em 12 de abril de 1912, pelo capitão W. Wood, que comandava o transatlântico SS Etonian.

Assim que o capitão chegou a Nova York, quando as notícias do naufrágio do Titanic repercutiam em todos os cantos da cidade, ele revelou a fotografia e anexou-a a uma carta enviada ao bisavô. No manuscrito, Wood afirmava que a imagem registrada por ele retratava o iceberg com o qual o lendário navio colidiu. 

Ele terminava a carta com um detalhe cronológico: "Atravessamos o trajeto de gelo 40 horas antes (do Titanic) e à luz do dia, então eu vi o gelo facilmente e tirei uma foto". Desde o dia do naufrágio até hoje, diversas fotografias tiradas de icebergs na região em que o Titanic colidiu foram publicadas, mas não há confirmação de que alguma delas realmente mostre o bloco de gelo envolvido no acidente.

No entanto, a fotografia tirada por Wood coincide com mais precisão do que qualquer outra com esboços e testemunhos dos sobreviventes do naufrágio. O capitão anotou as coordenadas de onde a foto foi tirada e elas correspondem à provável localização do bloco de gelo. A imagem está sendo comercializada pela casa de leilões Henry Aldridge and Son. Estima-se que ela alcance um valor aproximado de US$ 15 mil.


Fontes: The Independent e Popular Mechanics

Imagem: Henry Aldridge and Son/Reprodução