GENÉTICA

Gene invasor obriga Japão a sacrificar 57 macacos da neve

Procedimento foi a única saída encontrada para garantir a preservação da espécie!

Um zoológico na cidade japonesa de Futtsu acabou de matar 57 macacos da neve por meio de injeção letal. O motivo: descobriram que os animais carregavam genes de uma espécie invasora.

 

A equipe de pesquisadores identificou que um terço dos macacos no zoológico de Takagoyama haviam cruzado com o macaco Rhesus, uma espécie nativa da Índia e da China e que foi banida do Japão.

 

O zoológico de Takagoyama abriga 164 macacos da neve - ou macacos japoneses - que, até então, eram considerados “puros” pelos pesquisadores.

 

Os 57 animas tiveram que ser mortos para garantir a continuidade dos nativos. Os funcionários acreditam que alguns conseguiram escapar da clausura e cruzaram com os rhesus fora do zoológico.  

 

Depois do sacrifício, o zoológico organizou um funeral budista em memória dos animais mortos. Os administradores prometeram reforçar a segurança para evitar que novos macaquinhos deem suas escapadas por aí.

 

 


Fonte: Mashable 

Imagens: Shutterstock