google

Google quer elevar a expectativa de vida a 500 anos

Bill Maris é um neurocientista e, atualmente, ocupa o cargo de diretor da Google Ventures, a unidade de capital de risco da gigante da internet. Sua obsessão é transformar a biologia do homem através da tecnologia e permitir que os seres humanos possam viver muito mais e melhor que atualmente. Para isso, conseguiu fazer com que a Google investisse 425 milhões de dólares, neste ano, no desenvolvimento de tecnologias médicas para modificar o DNA e prolongar a vida.

[VEJA TAMBÉM: Finalmente! Estudo apresenta tecnologia que pode remover a dor das injeções com agulhas]

De acordo com seus cálculos, em curto prazo, as pessoas poderão viver até 500 anos. Seu projeto consiste em buscar empresários dispostos a ajudar no financiamento e cientistas que estudem o desenvolvimento de biotecnologias capazes de curar o câncer e outras doenças graves, dessa forma, prolongando a vida. A ideia é que, em um futuro próximo, a ciência possa reparar os danos no DNA causados, por exemplo, pelo consumo de tabaco e álcool e por doenças como o Alzheimer e Parkinson.

Segundo Maris, 36% dos ativos da Google foram utilizados para financiar estudos científicos. E ele parece determinado a não deixar que nenhuma barreira do presente o prive de seu sonho no futuro. Diante do ceticismo, ele mostra seu iPhone 6 e explica: “Há cinco anos, isso teria sido inimaginável e, há vinte anos, não era sequer possível falar sobre isso com alguém”.

Fonte: El Financiero 

 

Imagem: turtix/Shutterstock.com