Ta Na História

Há 30 anos, Silvio Santos tentava ser presidente da República

Por Thiago Gomide do Tá na História.

Parceria HISTORY e Ta Na História

Você votaria no apresentador para o cargo mais importante do Brasil?

A eleição de 1989, para muitos pesquisadores, é considerada a mais competitiva da história.

Havia candidatos fortes, com poderes de retórica, com diversos seguidores, com atuações políticas já estruturadas.

Na corrida pela cobiçada cadeira estavam Paulo Maluf, Mário Covas, Fernando Gabeira, Enéas Carneiro, Leonel do Moura Brizola, Roberto Freire, Ronaldo Caiado, Ulysses Guimarães, considerado o pai da constituição de 1988, Lula, Fernando Collor...

Todos esses tremeram quando o nome do carioca Silvio Santos apareceu.

No início, ele tentou concorrer pelo antigo PFL, hoje DEM. A manobra não teve sucesso.

O candidato do partido acabou sendo Aureliano Chaves, que foi ministro de Minas e Energia na administração de José Sarney.

Silvio Santos, então, vai em busca do pequeno Partido Municipalista Brasileiro. O nome mais cotado pelo PMB era Armando Corrêa, que, ao saber que o “dono do baú” queria a presidência, pediu o boné a poucos dias da eleição.

Não deu nem para trocar o nome na cédula, por isso Silvio repetia insistentemente que “no dia das eleições, não haverá Silvio Santos na cédula. Marque um X no 26. Não aparece meu nome, mas o candidato sou eu”.

A campanha de Silvio Santos é um dos momentos mais emblemáticos da política brasileira.

Quer saber os detalhes de campanha? Por qual motivo Silvio não abocanhou a tão desejada cadeira? Como Eduardo Cunha contribuiu para que Silvio não conseguisse participar?

Aperta o play! E não esqueça de se inscrever no canal.

Até semana que vem.

 

THIAGO GOMIDE é jornalista e pesquisador. Foi apresentador e editor do Canal Futura e da MultiRio, ambos dedicados à educação. Escreveu e dirigiu o documentário "O Acre em uma mesa de negociação". Além de ser o responsável pelo conteúdo do Tá na História, atualmente edita e apresenta o programa A Rede, na Rádio Roquette Pinto ( 94,1 FM - RJ). 

A proposta do Tá na História é oferecer conteúdos que promovam conhecimento sobre personagens e fatos históricos, principalmente do Brasil. Tudo isso, claro, com bom humor e muita curiosidade.