PANDEMIA

Homem de 101 anos nascido durante a pandemia de gripe espanhola se cura do COVID-19

A pandemia de gripe espanhola varreu o mundo entre 1918 e 1919, matando cerca de 50 milhões pessoas. Mais de um século depois, um homem nascido naquela época contraiu o COVID-19 e se recuperou. O caso aconteceu com um idoso de 101 anos na cidade de Rimini, na Itália.

Identificado pelas autoridades italianas como "Senhor P", o idoso foi internado em um hospital após testar positivo para a doença. Após cerca de uma semana, o paciente voltou curado para casa. Gloria Lisi, vice-prefeita de Rimini, classificou sua recuperação como extraordinária, acrescentando que o fato traz uma mensagem de esperança.

"O Senhor P viu tudo, guerra, fome, dor, progresso, crises (...). Uma vez ultrapassada a barreira dos 100 anos, o destino colocou diante dele um novo desafio, invisível e terrível ao mesmo tempo", disse Lisi. "E o Sr. P venceu. Isso mostra que, mesmo aos 101 anos, o futuro ainda está em aberto", completou.

Apesar de o COVID-19 atingir pessoas de todas as idades, seus sintomas costumam aparecer de forma mais severa em idosos ou em quem sofre de doenças pré-existentes, como pressão alta, problemas cardíacos e diabetes. Além do Senhor P, há relatos de outros pacientes de idade avançada que venceram a doença, como uma senhora de 97 anos na Coreia do Sul e um senhor de 103 anos na China.


Fontes: IFLScience e Forbes

Imagem: Shutterstock.com