RELIGIÃO

Igreja dos Apóstolos pode ter sido encontrada próxima ao Mar da Galileia

Uma equipe de arqueólogos afirma ter encontrado a lendária Igreja dos Apóstolos, em Israel. O templo teria sido construído sobre a casa de dois dos primeiros seguidores de Jesus, os irmãos Pedro e André, próximo ao Mar da Galileia. Estima-se que a estrutura tenha sido erguida há 1400 anos.

Os pesquisadores estavam escavando o local há quatro anos. Eles acreditam que o sítio arqueológico se trata do antigo vilarejo pesqueiro de Betsaida. Segundo Evangelho de Lucas, o milagre da multiplicação de pães e peixes teria acontecido lá. De acordo com a Bíblia, Jesus também caminhou sobre as águas no Mar da Galileia, que fica na mesma região.

Apesar de promissora, a descoberta levantou o ceticismo de algumas pessoas. Alguns especialistas afirmam que, na verdade, Betsaida ficava em outro sítio arqueológico, que está sendo escavado desde 1980. Mas o arqueólogo Steven Notley, da Universidade Nyack, diz que sua equipe está convencida de que a localidade correta foi identificada agora. Nas ruínas da igreja, foram descobertos resquícios de mármore esculpido e um piso com mosaicos ornamentados. "Tínhamos evidências (de que o local existia) e foi apenas uma questão de tempo até que realmente o encontrássemos", disse Notley. 

O relato mais antigo a respeito da Igreja dos Apóstolos foi feito por um bispo da Bavária chamado Willibald, que visitou Betsaida no ano 725 d.C. Agora, os arqueólogos irão tentar escavar ainda mais o local em busca de novas descobertas. Eles ainda irão avaliar a viabilidade de uma escavação profunda para chegar até a casa original dos apóstolos Pedro e André.


Fonte: Live Science

Imagens: Zachary Wong/El Araj Excavations/Reprodução