RELIGIÃO

Igreja milenar é encontrada na região onde teria acontecido a transfiguração de Jesus

Arqueólogos encontraram as ruínas de um complexo religioso de 1300 anos na cidade de Kfar Kama, na região da Galileia, em Israel. A igreja, que possivelmente era um mosteiro, ficava próxima ao Monte Tabor. O local é sagrado para os cristãos, pois, segundo a Bíblia, foi lá que aconteceu a transfiguração de Jesus.

De acordo com os relatos dos evangelhos de Marcos, Mateus e Lucas, foi no alto do Monte Tabor que os apóstolos Pedro, Tiago e João testemunharam a transfiguração de Cristo. Segundo os evangelistas, naquela ocasião Cristo começou a brilhar, enquanto os profetas Moisés e Elias apareceram ao seu lado, conversando com ele. Jesus foi então chamado de "Filho" por uma voz no céu - presumivelmente Deus Pai.

Com base nos achados das escavações, os arqueólogos da Autoridade de Antiguidades de Israel acreditam que o complexo religioso era um mosteiro construído nos arredores de um antigo vilarejo. Após uma investigação mais aprofundada, os pesquisadores descobriram que a igreja tinha três alas. Um grande pátio, uma antecâmara e um salão central faziam parte do complexo.

Nas ruínas da antiga igreja foram encontrados pavimentos decorados com mosaicos. Os pesquisadores também encontraram um relicário de pedra que possivelmente foi usado para guardar os ossos de um santo. Infelizmente não não foram encontradas inscrições para ajudar na identificação de quem seriam os restos mortais.


Fonte: Times of Israel

Imagens: Giovanni Bellini (1430 - 1516), via Wikimedia Commons e Autoridade de Antiguidades de Israel/Reprodução