animais

Jacaré que sobreviveu à Segunda Guerra e teria pertencido a Hitler morre na Rússia

Um jacaré chamado "Saturn", que sobreviveu à Segunda Guerra Mundial, morreu aos 84 anos em um zoológico em Moscou. Desde 1946, quando foi transferido de Berlim para a capital da Rússia, circulavam boatos de que o animal teria pertencido ao líder nazista Adolf Hitler. Mas há algum fundo de verdade nessa história?

A saga de Saturn começou nos Estados Unidos, em 1936. Nascido no Mississipi, ele acabou capturado e foi levado para o zoológico de Berlim. Durante a Segunda Guerra Mundial, o local foi atingido por bombardeios dos Aliados, especialmente durante a "Batalha de Berlim", em 1943. O zoo abrigava cerca de 16 mil animais, mas no final da guerra só sobreviveram 96. Entre eles estava o jacaré.

Em 1946, Saturn foi levado para o zoológico de Moscou. Nessa época, rumores começaram a surgir a respeito do passado do jacaré na Alemanha. "Quase imediatamente, nasceu o mito de que ele pertencia à coleção de Hitler", disseram representantes do zoológico de Moscou em um comunicado que confirmava sua morte."Os animais não se envolvem em guerras ou política e é um absurdo culpá-los pelos pecados humanos", dizia ainda o texto.

Os administradores do zoológico afirmaram que têm orgulho de ter abrigado o animal por tantos anos. Os cuidadores de Saturn contaram que ele era muito pacífico. Segundo eles, houve apenas um incidente, em 1970, quando o jacaré quase arrancou o braço de um funcionário inexperiente que tentou alimentá-lo.

 


Fontes: IFLScience e BBC

Imagem: Rigelus, via Wikimedia Commons