hiv

Mais próximo da cura: cientistas criam anticorpo que ataca 99% das cepas do HIV

Antiviral utiliza inteligência genética para eliminar o vírus. 

Vídeo relacionado:
Pela aplicação da engenharia genética, os cientistas conseguiram desenvolver um anticorpo capaz de combater 99% das cepas do HIV, de acordo com estudos preliminares em primatas. Desse modo, o antiviral de “três cabeças” atua sobre três partes fundamentais do vírus para eliminá-lo com segurança.

A descoberta foi possível graças a muitos anos de pesquisa. O organismo humano, diante da presença de um vírus, cria defesas para atacá-lo. Isso não é tão simples no caso do HIV, porque o vírus modifica seu aspecto a ponto de ficar irreconhecível para o organismo.

Contudo, para a surpresa dos especialistas, depois de vários anos de infecção, alguns pacientes acabam desenvolvendo “anticorpos neutralizantes de amplo espectro”, ou seja, defesas que são capazes de matar um grande número de cepas do vírus e conter sua expansão.

Com base nesse fenômeno, eles combinaram geneticamente três anticorpos neutralizantes de amplo espectro em apenas um. “Ao contrário dos anticorpos naturais, esse antiviral triplo ataca vários objetos infecciosos em uma única molécula”, afirmou Gary Nabel, autor principal do estudo.


Fonte: Playground Mag

Imagem: Shutterstock